Brahman Braúnas, o “pacote completo” da pecuária nacional

A pecuária brasileira passou por uma intensa transformação nos últimos 30 anos. Com o desenvolvimento e utilização de biotecnologias voltadas para a produção de carne, vemos hoje rebanhos cada vez mais funcionais.

O Brahman Braúnas sempre investiu em tecnologias que potencializassem a produtividade do rebanho, IATF, FIV e mais recentemente, DEP genômica. São algumas das estratégias utilizadas pelo criatório mineiro.

Lançados periodicamente, os sumários de touros são uma ferramenta importante para a seleção assertiva dos reprodutores utilizados nas propriedades. Mr Br 77 1392 é um exemplo de touro “pacote completo”. Provados em pistas, sempre chamou atenção por seus excelentes aprumos, característica importante uma vez que está ligada a locomoção do animal e volume de carcaça. E como não poderia ser diferente, sagrou-se Grande Campeão da Expozebu 2018. Aliado a isso, ele é TOP 0,5% ANCP, ou seja, está entre os melhores 5, no grupo de 1.000 animais avaliados.

Outros indicadores comprovam o rebanho Braúnas como destaque absoluto na pecuária brasileira. De acordo com o último sumário ANCP lançado, os principais indicadores demonstram a superioridade da genética Braúnas.

Os gráficos demonstram a crescente e constante evolução do rebanho AMRO. O Mérito Genético Total Econômico (MGTe), por exemplo, apresenta média de 9,533 enquanto a média da raça fica na casa dos 5. Na prática, esse índice bioeconômico fornece base para o criador escolher animais geneticamente superiores porém harmonicamente balanceados nas características produtivas e reprodutivas, como fertilidade e precocidade sexual.

Outro índice de destaque é Idade ao Primeiro Parto (DIPP). A média das fêmeas Braúnas no último ano ficou em – 0,650, enquanto na raça vemos a média de -0,142, uma diferença bastante impressionante. Neste caso, quanto menor a média, melhor!

O peso a desmama (DP210), um indicativo primordial dentro dos rebanhos apresenta uma média quase 2x maior que a média nacional, enquanto o peso ao ano (DP365) Braúnas tem média de quase o dobro da encontrada na raça a nível de Brasil enquanto o peso ao sobreano (DP450) tem média quase 60% maior que a média da raça no programa de avaliação.

Os números foram publicados no Sumário ANCP 2022/1 e está disponível para consulta pública.

Venda Permanente de animais e genética Brahman